Páginas

4.7.07

Pare o Mundo que eu Quero Descer!

Pois é, em pleno ano de 1883 escrevia-se assim:
Para nós, pobres mortais do século XX, a criação da máquina de escrever foi um verdadeiro sucesso com a letrinha courrier. Que, aliás, virou sinônimo de jornalismo e/ou notícia em qualquer produção gráfica. Foi insuperável, até que a era da informática disponibilizou incontáveis tipos de letras: vários tamanhos, várias cores, com serifa, sem serifa. A quantidade é tanta muita gente até esquece alguns conceitos primordiais para a seleção e uso dos tipos e provoca o oposto do desejado, ou seja, tudo fica ilegível (a palavra escrita em "webdings" é ilegível).
Aí, para complicar, agora é a hora e a vez do internetês: axo q ta blz + naum intendo nd :). E para complicar ainda mais tenho que ver um sorriso através de dois pontos e parêntesis ;)
Imagine como será um texto escrito em 2883?
Em tempo: aprendi que o ponto e vírgula com parêntesis é uma piscadinha de olho. Êta gente criativa!