Páginas

7.8.09

ROTEIRO LUA-DE-MEL

FOTO MB: NO CENTRO, SÁBADO PELA MANHÃ

Há quem diga que se o namoro está no começo, uma pequena viagem para uma cidade turística ou não, próxima ou não, capaz de mesclar romantismo e diversão é uma ótima (e por vezes econômica) opção. Pois bem, resolvi observar o potencial de Curitiba para tal.
Região fria – sim, principalmente no inverno é possível degustar ótimos vinhos e fondues. No Chatêau de Gazon há o blend rodízio, que reúne fondue de queijo com ervas, carnes, fondue na pedra e fondue de chocolate, além do fondue de sorvete para a sobremesa.
Agito noturno – sim, e para todos os gostos: O Café de la Musique é um dining club com serviço Premium; a Liqüe é restaurante, bar, lounge e boate; a Woods é sertaneja até a alma e o Calamengau apresenta o melhor forró pé de serra da região.
Parques – sim, Curitiba possui 26 parques. São 55m² de área verde por habitante, três vezes o índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde.
Cafés – sim, Curitiba tem Delice de France, Prestinaria, Marcollini, Provence...
Shoppings – sim! sim! sim! O que mais tem na cidade é shopping. Destaco pelo menos 3 com ótimas joalherias, para aquele presentinho surpresa. Antonio Bernardo já está por aqui!
Museus – ahhhh, o Oscar Niemeyer por si só é lindo de morrer!
Além disso, Curitiba tem feira de artesanato (Largo da Ordem, aos domingos) e de antiguidade (Praça da Espanha, aos sábados), passeio de litorina pela Mata Atlântica (diariamente) e visitinha diurna das cidades históricas (nos finais de semana fica um pouco mais movimentado, e isso é bom!). Enfim, é possível criar momentos agradáveis e tranquilos. Romantismo? Isso se leva para qualquer lugar casamento afora!
post relacionado
Voltei aqui para postar um link muito especial sobre casamentos e eventos: