Páginas

7.1.12

ARQUITETURA E HISTÓRIA NA CIDADE VELHA

FOTO MB: A CIDADE VISTA DO PARQUE GÜEL

TAPAS E O BAIRRO GÓTICO
Menos de duas horas depois de desembargar no del Prat e livre da bagagem, eu já caminhava pelo bairro Gótico. Foi o primeiro contato com a Cidade Velha, formada pelos bairros Raval, Gótico, Ribeira e Barceloneta. Muito, muito interessante! Logo no início da caminhada, a partir da Rambla, me deparei com a Catedral Gótica e os vestígios das muralhas romanas. Depois, "me perdendo" por ruas tortuosas até o El Call (quarteirão judaico) e por becos quietos, onde a luz do sol só atinge os telhados, foi como participar de um filme de época.

FOTO: MB - REPARE A PINTURA DOS TIJOLOS NAS PAREDES

Os prédios foram construídos no século XV  e hoje abrigam lojas de moda e de design de jóias, brechós, cafés e bares, além de residencias nos andares superiores. Não é raro ver roupa secando e plantas nas sacadas, em convívio harmonioso com a história do Els Quatre Gats, por exemplo. 

FOTOS: MB - DETALHES QUE GOSTEI

Foi assim que  cheguei ao Cala del Vermut para saborear aquilo que chamei de rodízio de tapas caseiras que me foi servido pela proprietária quando não fui capaz de escolher apenas um tipo de tapeo. Muito simpático. Ela organizou em uma travessa  os quitutes disponí-veis no momento: calabacines y berenjenas, anchoas, chistorra, boquerones, calamares, banderillas de pulpo, bombas, croquetas de pollo, champiñones, papas bravas e quesos. Não, não tomei vermut.

FOTO: MB - ENTRADA DO BAR DE TAPAS